Pode isso, Arnaldo?

Nesta terça-feira pós-feriado, depois de ter ficado super feliz pela resposta que tive com os mais de 500 acessos iniciais ao blog, lembrei de um direito homenageado implicitamente pela nossa Constituição Federal, que é o direito a ser sem noção. Oi? Sim. Ainda não proibiram isso aí. Mas como a nossa CF também consagrou a…

Uberize já(?)

Precisamos falar sobre a economia colaborativa. Ok. Talvez não preciseeeemos tanto assim. Talvez seja “apenas uma boa”, para não ser pedante demais. Mas por quê? Porque já falei antes que camarão que dorme a onda leva. Em muitas conversas de mesa de boteco, temos nos perguntado se nossas amigas vieram de Uber ou taxi, se nossos colegas…

Ad(e)vogado

Chega o feriado e inevitavelmente temos encontros com a família, almoçamos e passamos o dia com vários parentes que não vemos com tanta frequência quanto gostaríamos – além da tia que invariavelmente pergunta “das namoradinhas”. Imagino que cada pessoa seja alvo de algum comentário ácido em família por algum motivo mal compreendido. Sempre tem a…

Não “intendi”

Amassaram a mina, intendeu ou não intendeu? Kkk Vire homem, piá de bosta. Keep it in your pants. Tenho zero conhecimento de causa sobre o estupro, sua cultura e efeitos na vida das mulheres e tento, só que lá pelas tantas começo a entender que certas coisas existem mesmo, apesar da nossa recusa em ouvir pedidos de…

Inferno de Bowser

Deixai toda esperança, ó vós que entrais! Vocês acham que essa é a inscrição no Portal do Inferno de Dante? Nein, nein. Está na porta da Junta Comercial do Paraná. O quê?! Não, tô exagerando. Ah tá. Mas podia muito bem estar lá. Ou pelo menos é o que passa pela minha cabeça toda vez que chego ao…

Lost in translation

Olá, jovens, Hoje chorarei pitangas sobre o abismo entre a língua das pessoas de bem e o juridiquês, essa linguagem cafona que não ajuda em nada a tirar dos advogados a fama de profissional mandrake. Tudo bem, todo campo profissional, em maior ou menor grau, acaba desenvolvendo uma linguagem própria, mas vomitar brocardos latinos em documentos…

Ab initio

Olá, paciente leitor e amigo, Este é o primeiro post de um projeto de blog que venho lançar sobre o cotidiano e os absurdos enfrentados na advocacia. Antes de qualquer outro comentário, please allow me to introduce myself: meu nome é Paulo Baggio, tenho 25 anos, sou formado pela Universidade Federal do Paraná e pós-graduado…